Deixe Deus curar suas emoções!

Como andam as suas emoções? Muito do que nos envolve em nosso dia a dia está relacionado a algo que nem sempre controlamos. Este algo tem nome, chama-se emoção; e quando está desordenada faz com que percamos o prumo. Então, ouça o que lhe digo: Deixe Deus curar suas emoções!

Por onde começar?

A primeira atitude a ser tomada é abrir espaço, dar caminho para Deus em sua vida e em sua história. Permitir que Ele te ajude a olhar para situações vividas, reinterpretando-as.

Muitas situações e emoções que vivemos estão intimamente ligadas à maneira como olhamos/enxergamos dadas realidades, sejam do presente, sejam do passado. 

Quando entendemos isso, e, com o auxílio de Deus, buscamos rever posturas, modificar hábitos e, até mesmo, vivenciar novas experiências de desenvolvimento e crescimento humano, tudo pode ser diferente.

Como exemplo concreto, cito a história de uma mulher que ouviu a vida toda que não deveria ter nascido e que, por várias vezes, sua mãe tentou abortá-la. Um dia, ela se permitiu olhar para o passado com a companhia de Deus, pedindo que Ele a curasse de seus traumas e que ajudasse a olhar para todo este sentimento de rejeição.

Foi rezando e pedindo sempre que Deus a curasse de todo este sentimento que não lhe permitia avançar na vida; sempre se sentia uma derrotada, como se não tivesse direito a viver.

Para este caminho, ela buscou auxílio na palavra de Deus. Todos os dias rezava com a palavra que está no livro do profeta Isaías 49, versículos 15 e 16 que diz:

Pode uma mulher esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca. Eis que estás gravada na palma de minhas mãos, tenho sempre sob os olhos tuas muralhas.

E foi, rezando assim com a palavra e companhia de Deus, que foi olhando para sua história de rejeição e percebendo que alguém muito maior que sua mãe a desejava viva e queria que ela tivesse uma vida em abundância. 

Tudo muda quando a perspectiva muda…

A experiência de rezar assim, olhar para sua história de vida e tirar os olhos da atitude de sua mãe fez com que esta mulher enxergasse a vida de forma diferente. O amor de Deus foi invadindo a sua vida e, aos poucos, foi capaz de perdoar sua mãe.

Quando somos capazes de olhar para determinadas situações e rezar com elas, pedindo que Deus nos ajude a enxergá-las de forma diferente, tudo muda de perspectiva.

Muitos medos são dispersados quando vamos a Deus, por meio da oração, pedindo sua luz sobre a raiz deste medo. O mesmo ocorre com tristezas, ansiedades, angústias que, muitas vezes, nem sabemos de onde vem.

Então, por que não fazer esta experiência? A Bíblia Sagrada traz muitas palavras que nos ajudam neste exercício de amor e cuidado de Deus conosco. 

Reze com o salmo 90 que traz tantas promessas de amor e proteção de Deus. Reze com esta palavra de Isaías 49, que já citei antes, ou a do Salmo 138 que fala de um Deus amoroso, cuidadoso e que nos conhece de maneira perfeita.

Ao fazer esta experiência e apresentar a Deus cotidianamente suas emoções, você vai perceber como é libertador seguir este caminho. Deus nos ajuda a olhar para nossa história sob novas óticas, com a ótica de alguém que nos amou desde sempre.

Deus quer a nossa felicidade e esta verdade precisa estar, cada vez mais, incutida em nossos corações. Para fechar esta nossa reflexão, é importante entender que, como diz São Padre Pio de Pietrelcina,

A firmeza de todo o edifício depende da fundação e do teto.

Só Deus consegue estabilizar nossas fundações, pois enxerga além do que conseguimos ver para nos curar; e só Deus nos guarda e protege de verdade. Envolvidos por Ele, podemos ir longe…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *