Ser Gênio ou ser Disciplinado: qual você escolheria?

Se ao nascermos pudéssemos escolher entre ser gênio ou ser disciplinado, qual você escolheria? Eu, sem dúvidas, iria preferir vir ao mundo munido da autodisciplina. Quer saber por quê? Então venha comigo.

Para entendermos porque eu escolheria ser disciplinado ao invés de ser um gênio, então vou começar por uma história real.

William James Sidis é o nome do ser humano mais inteligente que a humanidade já conheceu. Se o QI de Einstein foi de 160 e o de Newton 159, o QI de James Sidis foi entre 250 e 300. Ou seja, quase o dobro!

Podemos dizer ainda mais sobre ele. Aos 8 anos já falava 5 idiomas e entrou na Universidade Harvard aos 11 anos.

Apesar disso, na vida adulta, Sidis nunca conseguiu se destacar em nenhum trabalho. Não teve invenções grandiosas, não produziu artes magníficas e também não acumulou patrimônio.

Se sua cabeça era ímpar, fenomenal para os padrões humanos, sua vida, por outro lado, não passou de medíocre.

Depois de sua morte, muitos estudiosos começaram a procurar os motivos que levavam crianças superdotadas a terem vidas comuns. Dessa forma, foram inúmeras pesquisas e elas sempre encontravam quase o mesmo resultado:

Os esforçados têm mais resultados do que os gênios.

Algumas indícios da vantagem de ser disciplinado

Em pesquisa da Universidade da Pensilvânia foram observados 140 jovens estudantes com média de idade de 13 anos.

Na primeira etapa, antes do ano letivo começar, distribuíram questionários aos jovens, aos professores e aos familiares. Nele, então descreveram quão autodisciplinados eram os estudantes.

O ano letivo começou. Assim, os pesquisadores encontraram que a autodisciplina tem relação direta com desempenho dos alunos.

Em contrapartida, o reflexo dos testes de inteligência tiveram menos da metade da relevância da autodisciplina.

Em outras palavras, a capacidade de aprender e ter sucesso depende o dobro disciplina do que da inteligência.

Você pode encontrar a matéria sobre essa pesquisa aqui.

Mas, então, como ser mais autodisciplinado?

Vimos até aqui que o segredo do sucesso material e criativo na vida não mora na inteligência, mas na autodisciplina. Dito isso, precisamos nos questionar:

Como ser mais disciplinado?

#1 – Para ser disciplinado, tenha foco!

O primeiro passo é eliminar as distrações. Para ser disciplinado,então é preciso ter consciência do que é importante.

Sabemos que ficar o dia todo vasculhando besteiras nas redes sociais não vão acrescentar em nada, então por que não paramos com isso?

#2 – Identifique o que agrega valor

O segundo passo é identificar as tarefas que vão agregar valor à vida.

Pode ser à vida profissional, amorosa ou pessoal. O importante é o objetivo final, ou seja, a felicidade.

Aqui precisamos investigar nossos hábitos que estão fazendo mal a nós mesmos.

Pode ser que sejam nossos hábitos alimentares, que são ruins e tiram nossa energia. Outra possibilidade é a rotina de sono comprometida, assim sempre ficamos cansados. Por fim, às vezes temos amigos que mais sugam nossa disposição do que qualquer outra coisa.

#3 – Motive-se!

O terceiro passo é saber como se motivar. Entender o que nos dá aquele gás a mais para passar por momentos chatos. Essa visão de longo prazo é o que as pessoas chamam de sonho.

Tenha um objetivo e faça de tudo para alcançá-lo.

#4 – Termine o que começou

Por fim, termine o que começou. Muitas pessoas desistem na primeira dificuldade. Tenha em mente que sempre que você sair da zona de conforto, então enfrentará muitos problemas. Isso é normal. Se esforce, tenha resiliência e um dia tudo se tornará mais fácil.

Conclusão

E então, você já consegue me dizer qual escolheria? Eu prefiro nascer já tendo tudo para ser disciplinado do que ser um gênio.

Mas o fato é que não existe isso. Ninguém nos dará de graça essa dádiva. Precisamos nos esforçar para sermos autodisciplinados.

O bom é que descrevemos o que precisa ser feito. Evite as distrações, motive-se, não fuja dos seus problemas na primeira dificuldade e veja o que traz valor a sua vida. Assim terá sucesso material e criativo.

Espero que tenha gostado. Deixe nos comentários o que acha sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *